quarta-feira, 18 de fevereiro de 2004

Tenho medo



Tenho medo da violência, da guerra, medo do homem-bomba.

Tenho medo de ter medo, medo de não o ter.

Tenho medo de perder, medo de amar, medo de errar.

Tenho medo da mentira, medo da verdade.

Tenho medo de parar e nada fazer.

Tenho medo de fugir, medo de ficar.

Tenho medo de crescer, medo de embrutecer.

Tenho medo que o medo volte e medo que nunca mais parta.

Tenho medo de berrar, medo de calar.

Tenho medo da pobreza, medo da riqueza, medo da incerteza.

Tenho medo da solidão, medo da doença, medo das fobias.

Tenho medo que o baralho de cartas venha abaixo e tudo não passe de um sonho.

Tenho medo de morrer e deixar.

Tenho medo do MEDO.

1 comentário:

sofia sobreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.